Sucropedia.com - Corantes - Carbonatação

By Bento, Luis San Miguel
Posted on 2006-12-29    Last edited on 2012-01-25
http://sacaropedia.com/entradas/E0020


Durante a carbonatação há uma redução substancial da cor do licor da afinação (40 -50%).
Os corantes que apresentem uma natureza acídica podem formar ligações fracas com o cálcio e poderão ser incorporados no precipitado de carbonato de cálcio durante o seu crescimento (Davis, 2001). Kennedy e P. Smith, 1976, referem que corantes poliméricos polares, com azoto aminado e aniónicos a alto pH, t^m alta afinidade para o precipitado de carbonato de cálcio.
Composto de peso molecular entre 12 kDa e 50 kda, incluindo as melanoidinas, são substancialmente removidos that polar polymeric colourants, with amino nitrogen and anionic at high pH, (Figure ) (Bento and Sá, 1998).
Compostos de muito elevado peso molecular, maior do que 250 kDa, sofremmuma redução de 8% durante a carbonatação (Table  Figure).
Devido à hidrólise de produtos de reacções de amarelecimento, os fenóis simples são libertados para o licor da carbonatação. Kennedy e P. Smith, 1976, referem que a carbonatação remove poucos pigmentos da cana de baixo peso molecular.  Farber, et al, 1968, referem que os flavonóides não são bem removidos pela carbonatação, embora os derivados da tricina são preferencialmente removidos removed (P. Smith and Paton, 1985).


  Compounds of high molecular weight in liquors

 


Grpo A

Grupo B

Grupo C


 > 250 kD

 12 kD - 50 kD

 2.5 kD - 12 kD

 Licor da Afinação

229 ppm

490 ppm 

 576 ppm

 Licor Carbonatado

211 ppm 

99 ppm 

870 ppm 

Licor Final

212 ppm 

 


896 ppm 

ELS_Carbonatacao

Diagrama ELS de licor carbonatado (Carbonated L.) e licor da afinação (Affined L.)

Devido à alta alcalindade verificada durante a Carbonatação, pode ocorrer uma hidrólise dos ácidos fenólicos esterificados a polisacarídeos. Devido a esta hidrólise, a parte fenólica (corada) ou os produtos da sua oxidação, serão desligados da cadeia do polisacarídeo. Assim os compostos fenólicos envolvidos perderão a grande afinidade para o cristal de açúcar, que lhe era conferida pela cadeia do hidrato de carbono. Este facto pode explicar que açúcares cristalizados a partir de licores de carbonatação e fosfatação, com idêntica qualidade (cor), apresentam cores diferentes. Os açúcares derivados de licores de Carbonatação apresentam cores mais baixas do que os da Fosfatação (Clarke et al., 1988). 

Bibliografia

BentoL.S.M., S. Sa, 1998, Study of HMW compounds in sugar liquors from
           carbonatation and ion-  exchange resins using GPC chromatography with
           an evaporative light scattering detector, Proc. of  S.P.R.I. Conf., 233-247
Clarke M.A., W.S.C. Tsang, M.A. Godshall, 1988, Structure of colorants, Proc. of
           S.P.R.I. Conf
., 183-191 
Davis S.B., 2001, The chemistry of colour removal: a processing perspective,
           Proc. South Afr. Sug. Tec. Ass., 75,28-336
Farber L., E.J. Mc Donald, F. G. Carpenter, 1968, Proc. Tech. Sess. C.C.R.R., 85
           -101
Kennedy A.M. and P. Smith, 1976, Color in Refineries, Proc. S.I.T. Conf., 35 -
           156-160
Smith P., N.H. Paton, 1985, Sugar Cane Flavonoids, Sugar Tech. Rev., 12,117
           -142